sábado, 8 de setembro de 2012

O que é uma garota pin up?





Marilyn Monroe, a pin up mais famosa do mundo de todos os tempos. ( desenho de Leida Nogueira)

             O termo Pin up se refere a um estilo fotográfico e ilustração que é impresso e concebido para ser pregado em uma parede. Este estilo surgiu no início do século 20, mas tornou-se muito popular durante a Segunda Guerra Mundial. Como milhões de jovens passaram semanas e meses longe de suas namoradass e ansiava por uma fuga. A garota pin up tornou-se uma parte indestrutível da cultura popular moderna e perdura até hoje. De fato, graças à internet, a pin up  é mais popular do que nunca e apenas alguns cliques de distância. O estilo é clássico e nostálgico com um aceno de agradecimento à moda, maquiagem, cabelo e uma bonita atitude exagerada


 Estilos populares Pinup



            A arte Pinup cai principalmente em duas categorias: ilustração e fotografia. Os desenhos pinup por Gil Elvgren e Alberto Vargas são lendários. Ambos teriam usado modelos reais para posar para fotografias de trabalho e, em seguida, desenhar ilustrações idealizadas para impressão. Inúmeros fotógrafos usou o estilo pinup para montar calendários de fotografia pinup. Os estilos foram e ​​são ideais, lindo, inocente e com muito glamour. Os temas mais comuns no passado foram, acredite ou não, o trabalho doméstico sexy, beleza praia, menina com seu cão, menina em sua bicicleta, menina em seu quarto, e assim por diante. Basta dar uma olhada nessas belezas encantadoras.


 








































Pinup na Era Digital


          A menina pinup está viva e bem na era da internet. A arte da ilustração é agora quase sem limite. As configurações, a roupa, e as referências culturais utilizadas para encenar arte pinup é muito mais rica do que no passado. Artistas misturam diferentes estilos, como quadrinhos, fantasia, sci-fi, fetiche e, claro, pinup clássico. Fotógrafos Pin up fazem o mesmo e conseguem alguns resultados espetaculares. Em destaque também você vai ver um monte de arte pin up na tatuagem. É um grande momento para pinup!

 

















 



















Em HDs, uma pin-up é simplesmente uma arte que ocupa uma página inteira, costumeiramente sem diálogo, que exibe um personagem ou grupo de personagens, ou um acontecimento significativo, publicado numa edição regular ou especial e que não foi pensada para tornar-se um poster.

Em publicações profissionais para fãs de filmes e série de televisão, uma pin-up pode representar uma fotografia posada dos atores ou atrizes do assunto em pauta, mas pode também exibir cenas específicas especialmente fotografadas para fins de divulgação (os chamados stills).

Bom, é isso!  :-)
Espero que tenham curtido mais essa postagem.
E agora que tal desenhar umas pinup? É bem divertido desenhá-las, eu amo esse estilo.

Boa sorte!!!


quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Desenhos 3D à grafite



Para criar um desenho 3D você tem que observar as leis da realidade 3D e imitá-los no papel. Essas leis não são difíceis de entender, uma vez que vê-los o tempo todo no mundo em torno de nós

Para desenhar de acordo com eles pode ser demorado. Mas qualquer boa imagem também precisa de um bom investimento de tempo. E os resultados valem a pena. 

Os métodos de como desenhar a forma 3D são luz e sombra e perspectiva, tendo domínio desses conhecimentos voce conseguirá que seus desenhos não fiquem mais deitado no papel. Em vez disso, vai saltar diretamente para os olhos observadores, como eles estão saindo da imagem. Ou eles vão criar a ilusão de profundidade e olhar como uma janela para um mundo que está dentro deles.

 Então, vamos entrar em porcas e parafusos de desenho 3D! Vai ser divertido! :-)


 


terça-feira, 14 de agosto de 2012

Como desenhar cabelo curto



Não há muita diferença entre desenhar o cabelo curto e cabelo comprido. Posso até dizer para desenhar um cabelo curto é muito mais rápido e simples, você só tem que ver os reflexos de luz no cabelo para dar volume corretamente.

Aqui eu tenho um exemplo para o cabelo dos homens, mas com um corte mais social.

Vejamos o 1º passo: Desenhar os contornos com um lápis 2B, fazendo todos os pedaços de cabelo principais.








2 º passo: Com uma lapiseira (0,3 ou 0,5 mm) 2B ou 4B e marque as áreas mais escuras no cabelo e começe a fazer linhas para fora a partir dessas partes principais do cabelo, seguindo a direção de crescimento do cabelo.


 

3 º passo: Continue a desenhar com o lápis as linhas muito próximas umas das outras até que tenha coberto tudo. Você também pode adicionar um pouco de sombra mais escura com 6B, 7B, 8B ou 9B.


 

4 º passo: Pegue um pedaço de toalha de papel e esfume todas as linhas no sentido que o  cabelo cresce ou no corte do cabelo.





5 º passo: Agora é hora de apagar um pouco. Você pode usar uma caneta borracha ou um pedaço de borracha para desenhar alguns destaques.
Às vezes você pode cortar a borracha pequena para obter uma linha mais fina. Corte em forma triangular:


 

6 º passo: Esfume novamente, para aqueles destaques não sair do desenho. Você também pode adicionar fios de cabelo com uma lapiseira e fazer sombreado mais escuro com 7B, 8B ou 9B.






7 º passo: Depois você repete os traços de lápis, esfume, apague novamente as áreas que refletem a luz e esfume novamente, faça isso gradualmente até o cabelo ficar com um volume natural, poré sem perde os desenhos dos fios de cabelo.




8º passo: Finalmente, você pode adicionar alguns fios de cabelo soltos com uma lapiseira para formar um desenho mais realista.



 Agora é só desenhar e praticar mais esse tutorial. :-) 


Para desenhar outros tipos de cabelos, visite: Como desenhar cabelos realísticos


sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Hiperrealismo

         


Hiperrealismo é um gênero de pintura e escultura que tem um efeito semelhante ao da fotografia de alta resolução. O hiperrealismo é uma evolução do fotorealismo, e o termo foi usado para denominar um movimento artístico que nasceu nos Estados Unidos e na Europa em torno de 2000.

              Esse estilo torna a obra quase idêntica a uma fotografia ou a uma cena da realidade. As obras hiper-reais, por apresentarem uma exatidão de detalhes minuciosas, podem causar o efeito do ilusionismo, causando dúvidas se é real ou não de tão perfeito que é. :)

             É uma técnica que exige muito empenho do artista como o domínio de luz e sombra, muito paciência e observação aguçada, não podemos perder nenhum detalhe.




sábado, 14 de julho de 2012

Como desenhar pé

      

Assim como as mãos, os pés podem ser, algumas vezes, difíceis para desenhar. Porém, uma vez que vocês se acostumarem a desenhá-los, eles se tornarão umas das coisas mais divertidas para ilustrar.
Então, iniciar o desenho dos pés com algumas linhas preliminares pode ser necessário para um desenho mais correto posteriormente.

Observe as figuras abaixo e tente esboça-los, fazendo apenas um sombreamento solto nos desenhos.

Desenho do pé em repouso

1- Desenhe a forma básica do pé com algumas linhas retas e verifique se estas estão corretos. Indique o ângulo da articulação do tornozelo e faça linhas curvas para marcar a posição das articulações dos dedos.


 
 2- Bom, a partir de agora voce só terá que desenvolver as áreas tonais do pé, ou seja luz e sombra. Olhando para a luz que incide sobre as articulações dos dedos e os extensores dos tendões. Para quem estudou Tipos de Sombreamento à grafite eu sugiro iniciar com o sombreamento solto e depois apertado para transformar o seu esboço do pé e estilo realista.


  3-  Conclusão. Tal como acontece com a mão, este pode ser um de vários estudos mais livres feito sobre a mesma folha de papel.

       Esta é uma visão bastante interessante, com a luz vindo do lado esquerdo do pé, que acentua a forma do lado da articulação do tornozelo e do lado direito do pé. Esta posição lhe dá uma oportunidade para tirar algumas curvas expressivas a partir do calcanhar até o dedão do pé, principalemte as linhas extensoras dos tendões. 



Agora, que tal usar seus próprios pés como seu modelo? :) Divirtam-se e lembre-se se não conseguir nos primeiros desenhos, não desista, você vai conseguir. 





  

sábado, 2 de junho de 2012

Como desenhar cabelos realísticos



Finalmente um tutorial para sombreamento de cabelos, a parte mais difícil para muitos iniciantes em desenho artíticos de retratos. 


Cabelos Castanhos Claros



Como voce pode observar na imagem acima, dedique-se no aperfeiçoamento do cabelo após ter concluído o sombremaneto da face. Porém a área do cabelo já deve estar previamente esfumada com um tom de cinza suave, independetente se o cabelo for loiro ou preto. Mas antes de iniciar o seu sombreamento dos cabelos tenha garantido alguns pontos importante para se obter um bom efeito nos cabelos.

1. Observe as ferramentas utilizadas da esquerda para a direita: lapiseira 0,3mm HB e B , lapiseira 2B 0,5mm, grafite 9B (para pintar a grande área), Lápis 8B/9B Derwent Graphic (para médias e linhas escuras / sombreamento),  Lápis 8B Staedtler Mars Lumograph (para a tonalidade mais escura de preto), borrachas  (apenas borrachas normais cortada em pequenos pedaços em forma de triângulo),  esfuminhos. 

OBS: alguns desenhistas usam lápis borrachas ou borracha em bastão para fazer o efeito de luz e brilho nos cabelos, se conseguir dar o mesmo feito, tudo bem, eu particurlamente não consigo. Mas fica livre essa opção. A mesma coisa para a escolha da marca do lápis; para  dar esse efeito bem  escuro eu uso lápis como Staetdler, Derwent e Koh-I-Nor, mas fique a vontade de usar outras marcas, porém, não espere resultados como na imagem, lápis da faber castel, por exemplo, mesmo usando o 8B, não terá o mesmo tom de escuro que um 8B da Staetdler.  

2 . Imagem do modelo de boa qualidade.

3. Esboçar o cabelo mais ou menos apenas para obter o contorno do cabelo. Tornar toda a área do interior usando esfuminho ou  qualquer nitidez de um lápis com tom médio.

4. Misture-o com papel de seda, papel toalha ou papel higienico, do tipo bem macio (daquleas marcas caras com tres ou quatro folhas). Divida o cabelo em seções de acordo com o modelo. Preste mais atenção para o pedaço de cabelo e ignoram a parte arrepiada.

5 e 6. Use a ponta afiada das borrachas para criar os fios. Fazei isto em seções a partir da esquerda para a direita e do canto inferior direito para camada superior. Certifique-se de seguir a direção do cabelo do modelo. Você pode fazer isso de forma rápida e mais ou menos como é para ser usado principalmente como uma diretriz para a etapa 7.

7. Adicionar os fios usando lapiseira de grafite mais claro para as áreas mais claras e a lapiseica com grafite mais escuro  para as áreas mais escuras e de sombra.

8. Agora a parte mais importante e de destaque: os fios de luz e cabelo esvoaçante usando borrachas afiadas. Desta vez, certifique-se que as borrachas  afiados como essas na imagem acima dão muito melhor resultado. Definir os fios que parecem mais volumosos com a lapiseira 0,3mm . Use esfuminho para desmanchar melhor o restante do grafite criando uma  área cinzenta.

9. Tornar as áreas mais escuras e adicione a sombra entre e abaixo de cada camada do cabelo usando o lápis mais escuro que você tem.



Retrato Concluído

Desenho hiper-realista da artista australiana Kanisa A.

Cabelos castanhos escuros ou negros



1. O material utilizado na composição desse desenho foram os mesmo do primeiro exemplo. A diferença está na intensidade do tom escuro que foi acrescentado no cabelo para parecer mais escuro, e a claridade que o cabelo recebe não será como se fossem mechas e sim o brilho da luz projetada no cabelo.
 
2.
Imagem do modelo de boa qualidade.

3 -. 4. Esboçar o cabelo e tentar dividi-lo em seções. Use o lápis mais escuro   8B/9B , tornar a área escura mais escura. Tente manter o traço do lápis, na mesma direção que os fios de cabelo (veja a foto 3).

5. Misture a parte mais escura para as partes mais leves, usando lenço de papel (não o dedo, NUNCA use o dedo) e esfuminho (para as áreas estreitas).

6. Use a ponta afiada das borrachas para criação de alguns fios. Faça isto em seções a partir da esquerda para a direita. Certifique-se de seguir a direção dos fios de cabelo como está no modelo. Você pode fazer isso de forma rápida e mais ou menos como é para ser utilizado principalmente como base para o passo 7.

7. Adicionar os fios usando lapiseira para as áreas mais claras e mais escuro o lápis 8B/9B.

8. Adicione a claridade em destaque, fios de luz, e cabelo esvoaçante luz usando borrachas afiadas.

* Neste modelo, há flocos de neve no cabelo e em primeiro plano dando um efeito de tempo e movineto no desenho então é necessário utilizar mais a borracha.

9.
Tornar as áreas mais escuras e adicione a sombra entre e abaixo de cada camada do cabelo usando o lápis mais escuro que você tem.

Retrato concluído

Desenho hiper-realista da artista australiana Kanisa A.
 

*Brevemente acrescentarei sombreamento para cabelos cacheados... : )


quinta-feira, 31 de maio de 2012

Tipos de sombreamento à grafite



Há varias formas de sombrear um desenho. Conheça os tipos de sombreamento nessa postagem.

Para o realismo a técnica mais comum é o esfumado que voce pode usar o dedo, papel toalha ou papel higienico, algodão e esfuminho para dar um efeito uniforme no sombreamneto do seus desenhos.

O sombreado próprio é importante no desenho realistas. As boas texturas de sombreado e o fluxo tonal podem acrescentar muito a um desenho.

Vou exemplificar 6 tipos de sombreamentos:

  •  Sombreamento Misto - é um método de sombreamento popular entre os artistas do lápis. O Grafite é um meio maravilhoso porque é muito viável. Você pode usar grafite e depois esfuma-lo com praticamente qualquer coisa, como citado acima.  Este método de sombreamento consiste em apenas alguns rabiscos de grafite sobre papel e em seguida esfumá-lo e também manter os riscos de grafite em lagumas áreas. Brinque com diferentes materiais para criar texturas de sombra diferentes, ou seja, voce pode mudar a graduação do seu grafite, como também misturar com o carvão criando tonalidade de texturas diferentes.


Exemplo de sombreamento misto: desenho do artista coreano hiper-realista Kim Ji-hoon 

  •  Circulismo - A idéia é desenhar círculos muito pequenos que se sobrepõem e se entrelaçam. Mas até construir o tom, isto pode ser bem entediante, mas os resultados valem a pena. Este método de sombreamento é ótimo para renderizar uma textura de pele realista. Use um toque leve para construir o tom.




Exemplo de circulismo sombreado: Lápis utilizado - H, HB, 3B, 7B
  Lapiseira- 0.3mm H, 05.mm HB, 2B 0,7 milímetros, 0,9 milímetros 2B
  •  Circulismo Misto: O grafite é rabiscado no papel tal como no método anterior. Usando um esfuminho, o grafite é misturado em pequenos movimentos circulares. Este método de sombreamento também é ótimo para as texturas da pele.


 
Exemplo de Circulismo misto: Lápis HB, 2B, 6B e sombreamento apenas com o esfuminho
Total de Horas: 15 horas


  •  Preto bem escuro: Um monte de pessoas têm problemas para conseguir um preto bem escuro. Nem sempre o lápis de cor preto é realmente uma opção com grafite. Se você quiser pretos bem escuros, tente usar carvão vegetal. Para um tom escuro com grafite, tome um lápis 7B, 8B E 9B. Pressionando o grafite no papel com rigidez e utilizando a técnica de circulismo, você obterá um preto bem escuro. Quando você está lidando com tons escuros de grafites é normal o seu desenho refletir um tom brilhoso no papel. Isto acontece porque o papel absorve a grafite rapidamente além de existirem camadas extras deixadas na superfície. Uma forma de diminuir o brilho é pulverizar o seu desenho com um fixador quando for concluído.  
Exemplo de sombreamento preto bem escuro: Lápis do H4 para 9B, Lapiseira- 0.3mm H, 05.mm HB, 2B, borracha limpa tipo e como dica para não borrar o desenho, usar escovas suaves. desenho do artista canadense Andre Skrob.

  •  Sombreamento Solto e Apertado: Se você desenhou alguma coisa antes, você provavelmente já utilizou este método de sombreamento. É simples, mas eficaz. Eu acho que é muito artístico também. A ideia básica desse sombreamento é  sobrepor  um conjunto de linhas diagonais uma ao lado da outra. Em seguida, gire o seu desenho 90 graus e desenhe um outro conjunto de linhas diagonais que se sobrepõem aquelas que já estão feitas. Isto pode ser repetido várias vezes para construir tom. O sombreado pode ser tão solto ou apertado como você quer que seja. O apertado é o método que leva um pouco mais longe. A tonalidade é construída através de repetição e um toque suave. Este método de sombreamento funciona muito bem para as peles dos animais. Não deixa o desenho tão realista ou hiper-realista como nos exemplos anteriores, mas se souber fazer e tiver paciência, você terá resultados incríveis e belíssimos.

Desenho feito com 7B TOISON D'OR



Exemplo de sombreamento apertado: o artista chinês Paul Lung utilizou apenas lapiseira 0.3mm 2B



Bom, eu espero que vocês tenham aprendido bastante nessa postagem e que de alguma forma esses exemplos de sombreamento tenham contribuído no aperfeiçoamento de seus desenhos.

Para aprender mais sobre Luz e sombra visite a página:  Luz e Sombra

Boa Sorte!! :)