quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Desenho de observação

 
Desenho de observação é facilmente definido como desenho ou pintura da vida. A pratica de esboçar uma tigela de frutas (Natureza Morta), o desenho de um modelo (figurativo), ou desenho de uma cena de rua, campos, rios (paisagem) são exemplos de desenho de observação.  

A imagem não é tomada de uma fotografia ou a imaginação do artista, mas a partir da observação da vida real. Tradicionalmente, o assunto torna-se de maior precisão possível quando este tipo de ttrabalho normalmente é realizado com lápis, carvão ou outros meios de desenho, mas podem ser trabalhados também com colagem e pintura.
 
Esta parte do desenho artístico é o mais importante e vital para o seu aperfeiçoamento como desenhista ou artista plástico. As obras que você confeccionar partindo dessa atividade, irão demonstrar como você interpreta o mundo, como você faz escolhas de composição, como exatamente você pode retratar a forma, luz e sombra dos modelos a serem observados.

A maioria das pessoas não gostam de desenhar através da arte de observação, normalmente por sentir muita dificuldade de reproduzir no papel a imagem tridimensional que as coisas reais têm. Mas não seja tão exigente consigo mesmo e não desista na segunda ou terceira tentativa. Lembre-se que esse treinamento é importante para o seu aperfeiçoamento, principalmente para quem quer ser um artista hiperrealista, para isso, é preciso aprender a observar. Porém sem querer desanimá-los, mas a realidade do desenho de observação é que será preciso décadas de prática para aperfeiçoar essa capacidade e, geralmente, todos os artistas, mesmo sendo profissionais, vão continuar a praticar e aprimorar essa habilidade para toda a sua carreira e até mesmo, por toda sua vida.

Cinco sugestões para ajudar a melhorar suas habilidades para o desenho de observação:

1. Corte um quadrado ou retângulo vazado de papel cartão. Use isso como uma ferramenta para ajudar a fazer escolhas de composição, observe ao seu redor o que gostaria de desenhar ou pintar e selecionar o melhor ponto de observação. Esta ferramenta irá ajudá-lo a definir as bordas de sua composição e como você deseja situar o tema dentro desse quadro de trabalho. Isto irá ajudá-lo continuamente para enquadrar o tema de forma consistente.

2. Cuidado quando for fechar um dos olhos para olhar o seu tema. Esteja atento de fechar sempre o mesmo olho, pois lembre-se que seus olhos oferecem dois pontos de vista diferentes e, ao desenhar algo que está fisicamente perto de você, mudar os olhos pode realmente mudar a perspectiva do seu modelo.

3. A mudança pode acontecer também se você mudar sua posição que está sentando ou mesmo a direção que iniciou os seus esboços. Isso mudará radicalmente a sua perspectiva.

4. Use papel grande, ou um caderno de desenho muito grande, pelo menos o dobro do tamanho de papel sulfite, como por exemplo A3 ou A2. Um problema comum quando os alunos têm desenho de observação é que o seu papel é muito pequeno, restringindo os movimentos das mãos e sua capacidade de precisão pode distorcer os desenhos, pois seus olhos mudarão constantemente as distâncias focais.

5. Você deve olhar para o que você está desenhando pelo menos 50% do tempo, ou se possível, mais. Observe todos os detalhes, concentre-se naquilo que você realmente quer desenhar. Onde é que as linhas se cruzam, que ângulo, quais são as formas básicas, as proporções de altura e largura. É normal e muito importante que você tome alguns minutos olhando, observando o modelo que será desenhado para só assim, dar inicio aos seus primeiros esboços do tema em questão.

Se você quiser estudar mais sobre o assunto, aprender a desenhar os esboços do objetos reais, visite a pagina Natureza Morta

Boa sorte para os seus desenhos de observação. :) 
Interesting Image